Tagged: Pedofilia

Pedofilia, Clericalismo e responsabilidades

resignaçãoA história encarregar-se-á de render a devida homenagem àquele que será conhecido como um dos maiores mestres e pontífices do séc. XXI. Refiro-me ao Papa Emérito Bento XVI. E, ao contrário do que é comummente dito e assumido, o combate contra a pedofilia na Igreja tem a sua marca, senão mesmo um pioneiro. Neste particular, creio mesmo que Bento XVI conjugou magistral e prudencialmente firmeza, descrição, justiça e misericórdia.

Ao longo do seu pontificado, apenas 8 anos (2005-2013) o papa alemão demitiu 80 bispos com responsabilidades nos casos de pedofilia. Como afirmou em 2013 D. José Aparecido Gonçalves de Almeida, actual bispo auxiliar de Brasília, mas na altura das declarações à Renascença sub-secretário do Conselho Pontifício para os Textos legislativos, Bento XVI iniciou uma “limpeza com dados concretos”. “Não creio que haja na história da Igreja um Papa que tenha demitido 80 bispos que foram negligentes no governo destes casos”, declarou. Continue reading