Tagged: jornalistas

Quando a normalidade é o mal, o bem torna-se notícia

401630

[publicado no suplemento Igreja Viva (10.12.2015) do jornal Diário do Minho]

A frase é de Giangiacomo Schiavi, jornalista e escritor, e encontra-se no prefácio de um livro que reúne 79 boas notícias publicadas no quotidiano italiano Corriere della Sera e no blog homónimo criado propositadamente para o efeito[1]. A ideia de abrir uma secção do Corriere della Sera dedicada só às boas notícias foi do então director Ferruccio de Bortoli. De Bortoli pediu aos seus jornalistas para alargarem «o olhar sobre aquela pequena grande Itália que não é suficientemente conhecida». Uma Itália, como qualquer outro país, habitada por milhares de «heróis da normalidade» que raramente são capa ou notícia nos jornais. Continue reading

A Igreja e a relação com os media

Há uma dimensão comunicativa do papa Francisco que ainda não foi alvo da devida atenção. Falo da relação do papa com os meios de comunicação social. Concretamente com os jornalistas.

Importa referir que o primeiro discurso de Francisco foi precisamente num encontro, por ele desejado, com os representantes dos meios de comunicação social, acreditados para a cobertura do conclave. Nesse encontro, afirmou que os mass media são “indispensáveis para narrar ao mundo os acontecimentos da história contemporânea”, agradeceu o serviço “qualificado” dos jornalistas e terminou abençoando todos os profissionais presentes. Os profissionais, com o seu faro jornalístico, intuíram desde logo que estavam perante alguém que os compreendia e respeitava profissionalmente. E não se enganaram. Continue reading